domingo, 17 de novembro de 2013

Base aliada, ficou no palanque.

Foto/google/imagens
        
 O quadro ficou no palanque traz hoje, o tema base aliada da nova geração, que ficou lá no palanque, isso mesmo o prefeito Flaviano vem perdendo sua base a cada dia que passa, ele parece que confia muito no seu próprio nome, e não precisará mais de ninguém pra ajuda-lo, tanto no mandato, tanto em uma possível reeleição, o pequenino grupo que tem poder na prefeitura municipal tem feito de tudo para abalar, e acabar a aliança com as lideranças que ajudaram a eleger o projeto Nova Geração, fazem de tudo, boicotam reuniões, mandam a mídia que prestam serviço a prefeitura bombardear seus próprios vereadores, entre tantas outras atitudes.
O que mais me intriga é que Flaviano está deixando as pessoas mais fortes deixarem o grupo, ficando apenas com a ralé, aquele povo que não dão tanta força política assim, gente que inclusive não tirou mais que 100 votos, pessoas que podem até dar força pessoal, mais política não.

O prefeito parece não pensar em uma reeleição, ou então confia tanto no seu taco, que acha que poderá vencer sozinho,ainda é sedo pra pensar em eleições, mais enquanto ele deixa sua base ir embora, a mesma já se articula para períodos eleitorais, sabemos que os políticos de nossa cidade não dormem em serviço.

Não sei ao certo o pensamento do prefeito, mas no lugar dele pensaria melhor antes de deixar seus correligionários irem embora.

Emerson Medeiros-Redação Trapiá Apodi

Nenhum comentário: