sábado, 26 de abril de 2014

Vereadora Hortência Regalado fala sobre segurança e iluminação pública.


A vereadora Hortência Regalado deu início ao grande expediente parabenizando os escoteiros pela comemoração do dia dedicado a classe, e lamentou a falta de apoio por parte do executivo a cultura e a juventude,em seguida falou sobre segurança pública, relatou ainda a problemática da iluminação pública entre outros assuntos confira o vídeo a cima.

Emerson Medeiros-Da Redação

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Apodiense faz doação do cabelo para a rede Fios do Bem


A jovem Eugenea Elker doou seu cabelo para a rede Fios do Bem que tem como objetivo trazer de volta a felicidade de pessoas que sofrem de câncer, presenteando as pacientes de poucas condições financeira com perucas, se você também tem um cabelão faça como a jovem, ajude o próximo, veja os endereços e telefones dos salões associados a rede a baixo.

Bairro Petrópolis, rua: Mipibú,713 telefone 3222 9447 ou 9104 9235 Em Bairro Lagoa Nova, Rua F. Borges de Oliveira 1.324 telefone 3206 1724 ou 9102 8964 Natal Shoping 2020 1234 o telefone

Emerson Medeiros-Da Redação

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Vereadora Hortência Regalado defende Agricultura, e fala sobre falta de planejamento na gestão.

Vereadora Hortência Regalado,PSDB
A vereadora Hortência Regalado usou o grande expediente para falar principalmente sobre a situação dos agricultores do vale e de todo o município, disse que tem tido contato direto com as famílias rurais e vem percebendo que as ações do poder municipal não estão chegando, a vereadora disse que tem ouvido as famílias que dependem da agricutura e os relatos não são fáceis de ouvir, é dura a realidade do homem do campo, a vereadora cobrou da atual gestão um plano que beneficiasse a classe, que desse suporte para os mesmos produzirem, falou sobre a distribuição de sementes para plantação, que esse ano não vem sendo distribuída por que a gestão alega não ter um carro para ir buscar as sementes em Mossoró,"uma vergonha"relatou a vereadora.

Hortência fez questão de lembrar o quanto as terras de Apodi são férteis, que mesmo sem incentivo a produção de arroz vermelho no vale é grandiosa,"parabenizo esses guerreiros e guerreiras que vivem do campo, que mesmo sem ajuda e incentivo conseguem sobreviver, e botar comida na mesa de toda a cidade, pois quando o setor agrícola vai mal, o comércio também passa por uma crise,precisamos reconhecer a força do trabalho do homem do campo", disse a jovem legisladora.

"Deixo aqui minha reclamação a continuidade da  rua Ademar Leão da Silveira , que está intransitável, pois além de estar um lixão, a parte estrutural não é adequada, e quero dizer aqui que muitas vezes quando nós pedimos vista em um projeto, muitos tentam nos crucificar, dizer que estamos atrasando o município, mas é justamente por um maior planejamento que pedimos, para que o cidadão tenha uma qualidade maior de vida, e nós estamos aqui para cobrar ações, porém ações planejadas. disse Hortência.

A mesma concluiu falando sobre os servidores que tem procurado a vereadora, para denunciar perseguição na questão de insalubridade, e vereadora disse que a casa vai investigar se isso realmente está acontecendo para tomar as devidas providências.

A vereadora protocolou um requerimento pedindo esclarecimento sobre o corte nos salários dos professores que fizeram greve.
Emerson Medeiros-Da Redação

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Nota da AENTS

A AENTS convoca os estudantes de nível técnico e superior do município de Apodi, que utilizam o transporte gratuito para as cidades de Mossoró e Caraúbas, a fazerem-se presentes a assembléia que se realizará no Sindicato dos trabalhadores e trabalhadoras rurais (localizado no bairro Malvinas).
Pauta da assembléia:

1) Recadastramento de todos os estudantes;
2) Debater problemas relacionados a lotação dos ônibus;
3) Propostas para a realização da eleição e escolha da nova diretoria;
4) Analisar questões internas de cada ônibus.

Data da realização da assembléia: 12 de Abril de 2014.
Horário do início: 19:00h
Local: Sindicato dos trabalhadores e trabalhadoras rurais de Apodi.

A PRESENÇA DE TODOS É FUNDAMENTAL PARA A REESTRUTURAÇÃO DA CLASSE ESTUDANTIL APODIENSE!

terça-feira, 8 de abril de 2014

Associações comunitárias não conseguem se manter, PMA banca umas e outras não.

As associações comunitárias que foram criadas justamente para organizar e fortalecer as comunidades rurais, e bairros da nossa cidade, estão em crise, não estão conseguindo se manter, pra piorar a prefeitura municipal ajuda umas e outras não, o sistema de abastecimento de água que as comunidades por conta própria fizeram custa muito caro e o dinheiro arrecadado pela mensalidade e a taxa de água dos sócios não é o suficiente para manter o programa, e não tem como aumentar por que muitos agricultores não teem renda fixa.

A prefeitura municipal paga a energia elétrica de algumas comunidades, e outras não contam com essa ajuda, um absurdo, o prefeito junto ao secretário deveria criar um programa que atendesse todas as comunidades, uma ajuda de incentivo para as mesmas permanecerem de pé, e incentivar o trabalho do homem do campo, pois até agora a única coisa que tem feito é uma hora e meia de ano em ano a cada produtor.

Em outros anos as associações também recebiam semente para plantação, esse ano ainda não chegou, pois a prefeitura não renovou a parceria com a EMATER, alegando a falta de um carro para movimentação das sementes, o secretário de agricultura disse que está a espera da licitação para renovar o convênio, mas que não vai deixar os agricultores sem o benefício, afirmou que se comprometeria com o combustível para intereçados no benefício.

Mais um ponto de falta de organização nessa gestão, tivessem contratado um carro para ir buscar essas sementes, para que os agricultores que estão saindo de uma seca, cheio de dívidas não perdessem essa ajuda de produção, percebemos aqui o despreparo dessa administração.



Emerson Medeiros-Da Redação.

sábado, 5 de abril de 2014

Vereadora Hortência Regalado fala sobre saúde, e defende os servidores municipais, confira o vídeo.


Na última sessão a vereadora Hortência Regalado pautou vários assuntos entre eles a questão da saúde do município que se encontra de mal a pior, "grande tem sido a propaganda da atual gestão em relação a melhoria da saúde pública, porém quando você anda nas comunidades, quando você conversa com os apodienses é notório que essa melhoria não vem acontecendo,e é mais uma inverdade dessa gestão,a cidade de Apodi divulgou nesses dias tantas viagens que tem dando com a população nas cidades vizinhas, para que essas pessoas sejam atendidas em suas consultas,e quando a gente para pra fazer esse levantamento, dentro de um ano Apodi levou praticamente a cidade inteira para fazer esses exames, porém quando você caminha nas comunidades você percebe que muitos que fazem suas consultas por ponta própria e vão na secretaria atrás de um carro pra ajudar na sua locomoção isso não acontece, e infelizmente é um choque pra Apodi essas perseguições políticas, e hoje na gestão do prefeito Flaviano esse tipo de ação está ampliada, e intensificada, por que eu vejo simplesmente uma equipe montada pra atender A ou B,estou aqui para elogiar e para criticar, agora eu não posso como vereadora chegar aqui e para agradar a uma equipe do prefeito dizer que está tudo bom quando na verdade não está, quando está mal, quando não está acontecendo, eu vinha do vale e encontrei uma senhora a pé, que vinha pra secretaria e olhem a frase dessa senhora, "eu vou pra secretaria mais eu não tenho esperança de conseguir marcar meu exame", olhem essa frase isso é triste,e é em várias secretarias o cidadão já sai de casa desmotivado, disse a vereadora.

O presidente da casa Evangelista Mendes aparteou a vereadora falando sobre a realidade de uma moradora da chapada que está precisando de um medicamento e não tem condições de comprar, o vereador disse que entrou em contato com a secretária e a mesma disse que o problema é o setor de licitação, a vereadora Hortência Regalado agradeceu a participação do vereador e disse," suas palavras só acrescentam, quero dizer aqui que minha crítica não é direcionada a pessoa de Nikeline, sei da boa vontade dela, sei do respeito que ela tem com a câmara, diferentemente de muitos setores que tem tentado sujar a imagem de vereador, porém é inacreditável ouvir ainda isso dessa gestão, que o problema é licitação, pois aqui quando o problema não é licitação, é vereador, pois é isso que a gestão tem usado como escudo, realmente o vereador serve de escudo pra população, pois eu eu tenho certeza que todas essas pessoas que procuram o senhor prefeito, antes passou por algum dos treze vereadores, e procuraram com a mesma frase, "estou procurando você por não ter esperança do executivo resolver, por que eu não tenho esperança de encontrar o prefeito Flaviano, por que eu não tenho a quem procurar",  então é bom avaliar isso, e muitas vezes quando o vereador traz essa verdade aqui na tribuna, muitas pessoas que estão recebendo benefício próprio tenta colocar o vereador como vilão,chamando muitas vezes de termos de baixo escalão, mais o bom é está aqui e ter o reconhecimento da população, em nenhum momento aqui eu disse algo que não fosse verdade, Completou a legisladora tucana.

Ainda durante a sessão Hortência falou sobre a situação dos professores que hoje infelizmente tem um relacionamento de guerra com o executivo,"Hoje alguns professores da escola 12 de outubro, me procuraram para dizer um caso que eu sinceramente fiquei sem reação, que foi justamente naquele periodo de greve dos professores, teve professor vitima de uma luta legítima que estavam lutando por seus direitos que quando foi sacar seu salário tinha desconto de até 674,00 R$ do contra cheque desses professores, foram pessoas que estavam buscando seus direitos, foram pessoas que foram retiradas da prefeitura pela polícia,são pessoas que dão seu sangue para formar a sociedade apodiense,e ai eu digo o seguinte, servidor público não está pra atrapalhar gestão de prefeito, o servidor está pra oferecer o melhor serviço para nós cidadãos, Finalizou Hortência

A vereadora ainda protocolou um requerimento pedindo explicações ao executivo por esse corte no salários dos educadores.
Emerson Medeiros-Da Redação