domingo, 30 de novembro de 2014

Vereadora Hortência Regalado participa de reunião sobre Lagoa do apanha peixe,e conversa política


Na manhã de Hoje aconteceu uma reunião na parede da lagoa do apanha peixe para discutir métodos para encher a mesma que encontra-se seca dificultando assim o cultivo de vários agricultores, o problema atinge os municípios de Apodi, Felipe Guerra, e Caraúbas,o prefeito de Apodi esteve presente, além do vice José Maria, o vereador Pelé , Novinho praxedes, o articulador político Ferreira, o empresário Solo do Arroz, a vereadora Hortência Regalado além de várias lideranças.

Na reunião ficou acertado a reconstrução da parede, as máquinas ficaram certas de começarem a trabalhar próxima semana, o empresário Solon do Arroz disse que isso é o mínimo a ser feito, tem-se que pensar numa forma de trazer água da barragem de santa cruz para dentro da lagoa.

A vereadora Hortência Regalado falou que tem  que se começar a resolver esse problema imediatamente, pois os agricultores e criadores precisam dessa água o mais rápido possível.



Logo após a reunião a vereadora, e Solon participaram de um encontro com o grupo dos Ferreiras para discutir o problema, e conversar sobre política, esteve presente nesse encontro o prefeito de Felipe Guerra Haroldo que não chegou a tempo da reunião, mais se disponibilizou a resolver o problema

Emerson Medeiros-Da Redação

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Vereador Ângelo de Dagmar anuncia saída da base do prefeito para integrar oposição


Na abertura do grande expediente o Vereador Ângelo de Dagmar, nesta quinta-feira, 27 na sessão ordinária da CMA iniciou seu discurso dizendo que a cada dia presencia irregularidades na gestão municipal, afirmando que fica insustentável se manter na base do prefeito municipal, frisando que desde o inicio tem estado na base, afirmando que é da base, mas não faz parte do governo. 

“Infelizmente não tenho mais como continuar na base do governo nesta casa, por isso venho aqui me pronunciar, dizendo que não faço mais parte desse governo e que agora integro a oposição contra o prefeito de Apodi, decisão esta que comuniquei ao próprio prefeito em reunião com ele ontem a noite” afirmou Ângelo de Dagmar.

Ângelo cobrou do executivo como Vereador de oposição a questão da iluminação publica do município, já que reposição de luminárias é de responsabilidade do poder municipal que recebe taxas, no entanto não investe, pedindo da mesa diretora para analisar a lei, e se possível reformular a mesma, sugerindo que esta responsabilidade volte a ser da empresa energética, pois as pessoas estão às escuras.

Recebendo a partes de seus colegas Nilson de João Lucas e Laete Oliveira, que deram as boas vidas com seu ingresso na oposição, o Vereador agradeceu frisando que fará uma oposição sadia, em prol da população de bem.

Ele disse que esta manhã esteve com um funcionário publico do município, que está sofrendo perseguição política, reforçando que viu uma copia do contracheque do mesmo, onde foi retirado um beneficio que lhe é de direito, lembrando que outra irregularidade é a questão de motoristas que estão conduzindo veículos públicos, sem se quer ter habilitação, caracterizando-se como crime administrativo.

“Esse prefeito que prometeu mudar Apodi, não conseguiu, por isso conclamo a sociedade apodiense a realizar uma analise do que mudou, pois nossa cidade está pior do que era antes” disse o Vereador.

Na questão da saúde publica, ele lamentou a falta de medicamento psiquiátrico a mais de um mês para estes pacientes, lamentando tal situação e chamando a atenção para que se tome cuidado, pois não é de estranhar que algum órgão municipal seja incendiado por pessoas que necessitam desse tipo de medicamento estão sem medicamento.

Josenias Freitas

domingo, 23 de novembro de 2014

A realidade dos legislativos municipais

A meta de muitos em Apodi tem sido denegrir e sujar a imagem do legislativo Apodiense, tentando passar a imagem de que nossos nobres vereadores que de nobre nada teem são os vilões da sociedade, e do sistema político, nunca os vereadores foram tão massacrados como nos tempos de hoje.

Os vereadores principalmente os das cidades interioranas são o pilar de sustentação de muitos cidadãos, pois na falta de realizações básicas os legisladores se veem na obrigação de resolver certas situações, saindo do papel de legislador para executor, o que mais se veem são problemas na área da saúde, cirurgias e até exames básicos que alguns vereadores ajudam mesmo muita vezes sem poderem.

Existem executores que não querem nem saber, e destratam os mesmos, tentando colocar a culpa de tudo que da errado sobre as câmaras municipais, o mais interessante que tem um em especial que nem com os da base ele tem a preocupação de defender.

Vergonhoso pois para a democracia realmente acontecer temos que ter em pleno exercício os poderes legislativo em sintonia com o executivo, e não viverem uma relação conturbada de desafetos.

Emerson Medeiros-Da Redação

sábado, 22 de novembro de 2014

Vereadora Hortência recebe medalhar por ser a mais atuante de Apodi

Vereadora Hortência Regalado 
A vereadora Hortência Regalado mais uma vez ganhou a medalha de ouro do instituto Tiradentes o que representa a vereadora mais atuante da cidade de Apodi, anualmente o instituto realiza uma pesquisa nas cidades e assim chega aos nomes ano passado a vereadora ganhou medalha de prata, esse ano ficou em primeiro lugar, a vereadora também recebeu uma medalha por ser a vereadora mais votada de Apodi.

Além da medalha a vereadora participou de um seminário legislativo para aprimorar conhecimentos e fortalecer o legislativo brasileiro.

Recentemente a jovem também liderou uma enquete realizada em nossa cidade como vereadora mais atante.

Emerson Medeiros-Da Redação

Universitário apodiense desabafou e revelou a situação dos estudantes que não podem se deslocar por conta própria até Mossoró.

Universitários em protesto, foto Cassinho Morais

"Oi amigos Web-Leitores do blog do Cassinho Morais, Meu nome é Júnior Oliveira, sou estudante do curso de Geografia do campus da UERN Mossoró. Gostaria de deixar aqui o meu depoimento sobre a situação dos estudantes de nível técnico e superior que utilizam os ônibus pagos pela prefeitura. Todo mundo sabe que estamos passando por problemas, mas talvez não sabe a gravidade.


Devido diversos fatores (ônibus sem condições de rodar, superlotação, motoristas sem o curso que é necessário para transportar alunos, denúncias por parte de alguns estudantes) os ônibus estão paralisados.


Os alunos estão se virando como podem: alguns foram morar em Mossoró, outros foram morar em Felipe Guerra e utilizam os ônibus de lá. Uns estão indo de táxi ou no ônibus e algumas vans que foram contratados por alguns alunos, de carro próprio ou de moto. Os que não têm condições de pagar nem de ir morar em Mossoró estão sendo reprovados. Tem alunos já falando em trancar o curso.

Enfim! Agora o poder público municipal se posicionou e disse que irá fazer mudanças no programa Transformação para o ano de 2015. As mudanças seriam debatidas entre Prefeitura, Ministério Público e a AENTS (Associação dos Estudantes de Nível Técnico e Superior de Apodi). Mas, da mesma forma que a Lei da gratuidade foi criada sem a participação dos alunos, me parece que as mudanças serão realizadas apenas pela Prefeitura de Apodi.


Digo isso devido a AENTS ter pensando numa solução para o problema, a gente ia defender a criação de uma taxa única para todos os alunos, assim todos poderiam complementar o dinheiro para pagar o serviço. Mas de uma hora para outra vi uma convocação da Prefeitura de Apodi, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social e da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, para os alunos fazerem um cadastro estudantil.


O objetivo é saber a renda dos alunos e criar valores diferentes. Ora, não vejo necessidade de fazer nenhum outro cadastro. A AENTS já tem o número de alunos, o curso e a instituição de cada um, tem a relação dos alunos por ônibus.Então não precisa de cadastro para saber a renda, pois a associação defende uma taxa única.


É inviável a diferença de valor, pois muitos ficarão isentos e poucos pagarão muito caro. Além de não ouvirem a gente, pessoas que não conhecem a nossa realidade fazem algo sem pensar, pois o cronograma para a realização do cadastro é inviável, colocaram um dia por instituição, sendo que muitos moram em Mossoró e a agora uns em Felipe Guerra. Esses alunos só vêm no fim de semana. Como vão fazer esse cadastro? A prefeitura mais uma vez tira a autonomia da AENTS, e depois quer culpar a gente pelo não funcionamento do programa.


Eu só espero que depois que essa ideia da prefeitura não funcionar, a culpa não caia para cima dos alunos de novo. Pois quem está sendo apontado pelo problema atual é a classe estudantil. Mas a empresa com ônibus sem condições de realizar o trajeto não foi contrata por nós. Os alunos não são culpados pela superlotação.


Talvez alguém diga: antes era do mesmo jeito. Sim, era! Mas estamos no presente, o passado não interessa mais. Permanecer no erro é burrice. Termino dizendo que eu até posso fazer esse cadastro, mas desde que o presidente da AENTS convoque os alunos para isso. E peço a prefeitura que não tire o nosso poder de opinar. Nós estamos ali todos os dias, sabemos que essa ideia que ela tem não irá funcionar. Ouça a nossa classe. Não tire a nossa autonomia."

Fonte:Blog do Cassinho Morais

O gostinho de estar no poder


A política deveria ser usada para trazer desenvolvimento, para realmente fazer as coisas andarem, desenvolver melhorias na saúde, educação, esporte e tantos outros temas que vemos e sofremos com eles sempre, recursos existem afinal pagamos muito imposto.

As disputas eleitorais deveriam ser pela vontade de contribuir para o crescimento de um município, estado, país, mas não é isso que acontece, as disputas eleitorais principalmente no âmbito municipal é simplesmente pela obsessão do poder, PODER esse é o verdadeiro objetivo de muitos que disputam cargos políticos.

Quando se obtém esse desejo invés de usar tanto prestígio e força para trabalhar por todos o que acontece? metade da população é perseguida, sofrida, humilhada, ter os mesmos direitos? nem pensar, o jogo é beneficiar aqueles que estão bajulando e principalmente que ajudaram o indivíduo a chegar lá.

É triste mais essa é a realidade, não estou aqui generalizando, afinal ainda acredito em bons políticos, acredito sim em pessoas que mesmo tendo um pouco dessa vontade de ter o poder, tem a vontade e a humanidade de trabalhar por todos.

Emerson Medeiros-Da Redação

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Aos poucos prefeitura vem resolvendo problemas de abastecimento de água

Foto: #ÁGUA | Para a felicidade de todos, a água chega nas comunidades de Malhada Vermelha e Santo Antonio.

Com os esforços do Prefeito Dagoberto Bessa, dos vereadores Sezinildo, Berg, Bruno e Rubens, juntamente com a equipe técnica da CAERN, o abastecimento de água aos poucos vem se regularizando. Toda a população está em festa, há muitos anos as comunidades de Santo Antonio e Malhada Vermelha sofriam com a falta de abastecimento de água.

Parabéns a todos que colaboraram para que essa realidade!
Foto assessoria de Imprensa
Com os esforços do Prefeito Dagoberto Bessa, dos vereadores Sezinildo, Berg, Bruno e Rubens, juntamente com a equipe técnica da CAERN, o abastecimento de água aos poucos vem se regularizando no município de Severiano Melo. Toda a população está em festa, há muitos anos as comunidades de Santo Antonio e Malhada Vermelha sofriam com a falta de abastecimento de água.

Parabéns a todos que colaboraram para que essa realidade!

Rogério participa de reunião da executiva nacional do PSDB com Aécio Neves


O PSDB realizou nesta quarta-feira (05) a primeira reunião da executiva nacional do partido após as eleições deste ano. O encontro foi liderado pelo senador Aécio Neves, presidente da legenda, e foi realizado na Câmara dos Deputados, em Brasília, que ficou completamente lotado. Representando o diretório do Rio Grande do Norte, esteve presente no evento o deputado federal eleito Rogério Marinho.

“Existe algo novo no Brasil e temos a responsabilidade de manter isso vivo. Trazer para o campo oposicionista as mesmas convicções que tivemos ao debater com esse governo. Depende de nós fazer com que a chama que cresceu na sociedade brasileira e se espalhou continue. Farei a oposição ao lado de vocês com as convicções com que governaria, pensando nos mais pobres, que mais precisam. Não vamos permitir que dividam o Brasil entre nós e eles”, disse Aécio em seu discurso.

Para Rogério Marinho, “é evidente a força da oposição e o papel histórico de Aécio em liderar os que desejam um País ético, próspero, livre e democrático, onde a metade do eleitorado nacional clama por mudanças e pelo fim da corrupção. O nosso sentimento é de que perdemos ganhando. Em uma luta eleitoral absolutamente desigual, a vitória foi nossa”.
 
Por Danilo Sá e Carolina Souza

Rapidinhas Câmara municipal de Apodi


Vereadores Apodienses

Grande expediente trigésima quinta sessão CMA


Laete Oliveira:

Falou sobre o homem do campo,sobre o projeto o SEBRAE e SENAR que estão com o projeto sertão empreendedor e que o prefeito alegou não ter condição para realizar a parceria, segundo ele é uma vergonha tendo em vista que o município de Apodi é um dos mais fortes na agricultura no estado do Rio Grande do Norte

 Nilson Fernandes:

Falou sobre a saúde pública que está um descaso,e o desrespeito que o atual gestor tem pelos vereadores por não reconhecer o trabalho de esforço que todos veem fazendo pelo município,disse ainda que o prefeito não tem Humildade de reconhecer os esforços alheios

Chico de Marinte:

Falou sobre o Trabalho que vem sendo feito nas estradas, relatou sobre o calçamento que está sendo feito,falou que condena as atitudes de reixa que são realizadas no processo pós eleição onde as comemorações com bombas e outros artifícios dividem os cidadãos apodienses

 Ângelo Suassuna:

Falou sobre as comunidades rurais que são atendidas por outros municípios mesmo pertencendo a Apodi e que uma audiência pública será realizada para discutir o assunto, falou sobre a CAERN que não atende bem a cidade de Apodi, mesmo a cidade suprindo a necessidade de outros Municípios, falou sobre as péssimas condições das ruas de Apodi.

Júnior Souza:
Falou sobre a perseguição que a gestão vem fazendo aos servidores, e um em especial que trabalhava no turno noturno na função de vigia, e que agora foi transferido para a o período do dia,disse que os direitos dos servidores estão sendo feridos,

Costinha:
Falou que vem dormindo tranquilamente, pois vem fazendo um ótimo Trabalho como vereador pois seu objetivo é a população,afirmou que o atual prefeito não vem dando atenção a educação

Genivan Varela:
Convidou todos para participarem da inauguração da UBS de córrego,sobre o apoio que a secretaria de esporte vem dando aos esportistas, e falou sobre a copa de futsal que será realizada,e sobre um projeto de autoria do mesmo sobre a proibição da pulverização aérea.

Emerson Medeiros-Da Redação

Custa colocar ao menos as lâmpadas nas luminárias que a gestão passada deixou?

Imagem retirada da internet
 O forte da atual gestão gestão sem dúvida não é a iluminação pública, temos diariamente problemas com o setor,na zona rural já virou calamidade, porém o que é mais instigante é que nem na zona urbana a atual gestão vem tendo a preocupação de trabalhar na área.

A gestão passada deu um grande avanço no ponto instalando luminárias no bairro bacural, bairro bico torto, e um grande trabalho na Marechal Floreano, porém nem as lâmpadas das mesmas estão repondo.

Já virou rotina na câmara municipal vereadores cobrarem e requererem sobre a questão porém quase nada foi feito.

Emerson Medeiros-Da Redação

Galeno é nome para presidente do Legislativo


 
O surgimento do nome do deputado estadual Galeno Torquato (PSD) como um dos propensos candidatos à presidência da Assembleia Legislativa, muda novamente o quadro político estadual e deixa o prefeito Francisco José Júnior outra vez em evidência.

O fato de Galeno ter sido apoiado por ele e de ter dito que será mais um deputado de Mossoró, amplia as possibilidades para a segunda maior cidade do Estado. Galeno terá pela frente dois grandes concorrentes: o atual presidente Ricardo Motta (PROS) e Álvaro Dias (PMDB). Ambos contam com o apoio de uma maioria que foi eleita pela base da oposição.

Janio Duarte