quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Rogério sobre zeros do Enem: "Incompetência criminosa de quem aparelha e desvirtua a educação"

Rogério Marinho
Nesta terça-feira (13) foi divulgado o resultado de mais um Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Mas, dessa vez, nada chamou mais a atenção do que a quantidade de inscritos que obtiveram nota zero na redação (529.374). O número alarmante, para o deputado federal já diplomado Rogério Marinho (PSDB), precisa ser analisado com atenção e comprova a baixa qualidade do ensino no Brasil.


"Mais de 500 mil redações com nota zero nada mais é do que fruto da incompetência criminosa daqueles que aparelham e desvirtuam a educação brasileira. Típico do PT", disse o futuro parlamentar. Rogério ainda acrescentou que a área não pode ser vista como moeda de troca política, como fez a presidente Dilma Rousseff em seu novo mandato, entregando o Ministério da Educação ao Pros, em troca do apoio político da legenda no Congresso Nacional.


Dos 6.193.565 candidatos que fizeram o Enem, 529.374 participantes tiveram nota zero na redação do Enem (8%), segundo dados do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). Apenas 250 obtiveram a nota máxima (1.000). Ao todo, 248.471 redações foram anuladas.


O tema da redação do Enem pegou estudantes e professores de surpresa em 2014. O Exame pediu que os alunos escrevessem sobre "Publicidade infantil em questão no Brasil". Muitos receberam nota zero por terem fugido ao assunto proposto na prova.

Por Danilo Sá
Assessoria de Comunicação

Nenhum comentário: